O Fundo de Investimento Social Privado pelo Fim das Violências contra Mulheres e Meninas é uma iniciativa de governança multissetorial e multiempresarial em prol do acolhimento e proteção de mulheres e meninas em situação de violência. Conheça nossas iniciativas e saiba como fazer parte.

A violência contra as mulheres e meninas, infelizmente, não é um fenômeno novo. Porém, a intensidade com que ela tem se manifestado durante a pandemia está desafiando governos, empresas e sociedade civil a pensar e acelerar a implementação de novas formas de colaboração e atuação durante esse período.

Assim nasceu o Fundo de Investimento Social Privado pelo Fim das Violências contra as Mulheres e Meninas, que tem o objetivo de reduzir os impactos da violência ao apoiar os serviços públicos de abrigamento e proteção e ao oferecer suporte para a recolocação profissional das mulheres, ajudando-as no enfrentamento da violência a curto, médio e longo prazos.

A violência na pandemia
22% de crescimento nos registro de feminicídio durante o período de distanciamento social*
40% de aumento nas denúncias de violênci no mês de abril* à linha 180
*Em comparação ao mesmo período de 2019. Fonte: Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Nossa meta

Com o apoio financeiro de empresas e instituições que se identifiquem com a causa, pretendemos captar R$ 10 milhões até dezembro de 2020 para destinar a organizações que atendam às necessidades materiais, psicológicas e jurídicas das mulheres e crianças em situação de violência. Nosso objetivo é suprir a insuficiência e a defasagem dos serviços de abrigamento e proteção às vítimas em 2020 e 2021.

De que forma os recursos captados serão aplicados?

Distribuição de 4.500 cestas básicas, durante quatro meses, para famílias lideradas por mulheres;

Ajuda emergencial de R$ 150 por mulher, por mês, durante quatro meses, para 60 vítimas egressas do abrigamento (por estado), impactando, ao menos, 500 mil mulheres ao ano;

Apoio psicológico e jurídico a 1.500 mulheres;

4.200 diárias em hotéis Accor de todo o Brasil, com pensão completa, para mulheres (e seus filhos) em situação de violência;

Apoio a cinco organizações para ações de advocacy focadas na criação e implementação de políticas públicas voltadas para o fim da violência contra mulheres e meninas.

As iniciativas apoiadas e desenvolvidas pelo Fundo fazem mais que acolher mulheres e crianças em situação de violência: elas oferecem uma nova oportunidade para que possam reescrever suas histórias.

Nossos projetos se apoiam em 4 frentes de atuação que consideramos prioritárias para a proteção de mulheres e crianças em situação de violência e vulnerabilidade.

Abrigamento

Abrigo emergencial para mulheres que enfrentam alto risco de violência e auxílio na melhoria da eficiência dos serviços de abrigamento.

Segurança alimentar

Atendimento às necessidades básicas e imediatas de mulheres e meninas em situação de violência para diminuir a vulnerabilidade econômica extrema.

Suporte jurídico, psicológico e capacitação para a inserção socioeconômica

Apoio jurídico e psicológico às mulheres, criando condições para o processo de retomada da vida ativa e o fim da dependência socioeconômica que favorece a violência.

Fortalecimento de políticas públicas

Incentivar e fortalecer o engajamento e o compromisso do poder público com o enfrentamento da violência contra mulheres e meninas para qualificar e ampliar os serviços oferecidos.

Conheça o primeiro projeto financiado pelo Fundo de Investimento Social Privado pelo Fim das Violências contra Mulheres e Meninas:

Programa Acolhe

Uma iniciativa para acolher e capacitar mulheres vítimas de violência, oferecendo-lhes um abrigo temporário nos hotéis Accor e as ferramentas para a construção de um futuro com mais protagonismo, autoconfiança e autonomia.

Os 5 pilares de atuação do Programa Acolhe

1
Resgate e Acolhimento

O primeiro contato e atendimento personalizado às acolhidas é feito pelas instituições de proteção às mulheres e o Instituto Cia dos Sonhos, responsáveis por encaminhá-las aos hotéis Accor participantes.

2
Acomodação

No hotel, a acolhida é recepcionada por um(a) embaixador(a) do programa e recebe um kit de boas-vindas com os detalhes sobre sua hospedagem.

3
Suporte emocional

A acolhida é recebida em um ambiente seguro, com apoio de instituições de proteção às mulheres e do Instituto Cia dos Sonhos, por meio da escuta ativa, empática e discreta e do acompanhamento a ela e seus filhos.

4
Treinamento e Capacitação

Para que possa reescrever seu futuro com mais segurança e autonomia, a acolhida poderá participar de um programa de formação e treinamento, com conteúdos voltados ao autocuidado, inteligência emocional e desenvolvimento de competências, visando seu empoderamento e sua inserção no mercado de trabalho. Os treinamentos são ministrados pela universidade corporativa Accor, Academia Accor e seus parceiros.

5
Recomeço

Após o período de estadia no hotel, a acolhida poderá ser encaminhada a um abrigo permanente especializado ou à casa de um familiar ou amigo.

Recuperada física e emocionalmente, a acolhida terá a chance de reescrever sua história, retomando seus projetos pessoais e profissionais ou buscando colocação no mercado de trabalho.

Conheça as empresas e entidades que estão ajudando a transformar a vida de milhares de mulheres e meninas em situação de violência.

Instituidores

Em 50 anos no setor, a Accor está presente em mais de 5.000 hotéis em 110 países. Desde sua fundação, a empresa já criou diversos projetos sociais ligados ao meio ambiente e, atualmente, destina fundos para ações emergenciais de comunidades impactadas pela pandemia do Covid-19, além de participar de projetos para a proteção de mulheres e meninas vítimas de violência doméstica.

Fundado em 2003, o Instituto Avon apoia e desenvolve ações para o combate ao câncer de mama e o enfrentamento às violências contra mulheres e meninas. Como braço de investimento social da Avon, empresa privada que investiu mais de R$ 170 milhões em ações sociais voltadas às mulheres no Brasil, o Instituto já apoiou a realização de mais de 350 projetos e ações, beneficiando cerca de 5,7 milhões de brasileiras.

Apoiadores

Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) fundada em 1999 e pioneira no apoio técnico ao investidor social no Brasil. Seu foco é na criação e participação em ações sociais estratégicas e transformadoras da realidade para a redução das desigualdades sociais no país.

Primeira escola hoteleira do mundo, é a universidade corporativa da Accor, com mais de 180.000 colaboradores treinados, 435.000 dias de treinamento e uma plataforma de ensino à distância.

Fundada em 2008, a Sitawi é uma Organização Social de Interesse Público (OSCIP) pioneira no desenvolvimento de soluções financeiras para impacto social e análise da performance socioambiental de empresas e instituições financeiras.

Desde 1982, o escritório PLKC Advogados exerce a advocacia empresarial de forma personalizada, nas áreas do direito tributário, societário, imobiliário, civil e contratual, organização patrimonial e planejamento sucessório, família e sucessão, e, mais recentemente, filantropia e investimento social de impacto.

Instituição sem fins lucrativos de caráter filantrópico, fundada no ano 2000. Oferece atendimento especializado a mulheres em situação de violência e vulnerabilidade social.

Com suporte financeiro ou apoio em serviços, empresas e instituições que se identifiquem com a causa podem fortalecer as redes de apoio na oferta de proteção, acolhimento e cuidado a um número ainda maior de mulheres e crianças em situação de vulnerabilidade.

Veja como você ou a sua empresa também podem fazer parte desse importante movimento ao se tornarem membros do Fundo de Investimento Social Privado pelo Fim das Violências contra Mulheres e Meninas:

Como empresa gestora

• Doações a partir de R$ 450 mil.

• Direito a um assento no Comitê Gestor do Fundo, responsável por definir as organizações e projetos a serem beneficiados.

• Direito a indicar organizações e projetos a participarem do processo de seleção dos beneficiados do Fundo, a serem definidos pelo Comitê Gestor.

• Direito a exposição do logo e menção da marca na categoria ?Empresa Gestora? em todos os materiais de comunicação do Fundo.

Como empresa apoiadora

• Doações entre R$ 250 mil e R$ 450 mil.

• Direito a indicar organizações e projetos a participarem do processo de seleção dos beneficiados do Fundo, a serem definidos pelo Comitê Gestor.

• Direito a exposição do logo e menção da marca na categoria "Empresa Apoiadora" em todos os materiais de comunicação do Fundo.

Como empresa parceira

• Doações entre R$ 50 mil e R$ 249 mil.

• Direito a exposição do logo e menção da marca na categoria "Empresa Parceira" em todos os materiais de comunicação do Fundo.

Como pessoa física

• Caso tenha interesse em ser Doador Pessoa Física, preencha o formulário com seus dados e, em breve, enviaremos todas as informações necessárias.

Empresas gestoras, apoiadoras, parceiras e pessoas físicas,
também podem colaborar com serviços e produtos.

Gostou da nossa causa e quer apoiar o projeto como empresa gestora, empresa apoiadora, empresa parceira ou pessoa física?

Faça aqui o pré-cadastro e, em breve, entraremos em contato.

*Campos obrigatórios.

Um espaço para que as empresas participantes e interessadas em integrar o Fundo acessem informações atualizadas sobre os projetos apoiados, conheçam a estrutura organizacional e os compromissos com a transparência, a ética e a segurança dos envolvidos.

Conheça nossos membros e o papel de cada um deles na gestão do Fundo de Investimento Social Privado pelo Fim das Violências contra Mulheres e Meninas, além das informações financeiras e de segurança atualizadas.

Estrutura organizacional do Fundo

Instituidores

Instituto Avon e Accor

Compromissos

Mobilizar empresas para doações;

Realizar reuniões para definir as estratégias para alcance dos objetivos do Fundo;

Mobilizar parceiros institucionais, operacionais e apoiadores que ofereçam suporte técnico e operacional;

Indicar os membros do Comitê Técnico;

Selecionar as organizações beneficiárias do Fundo, de acordo com os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade e eficiência;

Garantir que as doações sejam baseadas nos critérios determinados e não serão utilizadas para beneficiar diretamente interesses políticos ou comerciais dos Instituidores, dos membros do Comitê Técnico, dos parceiros e dos Doadores.

Gestão Técnica

IDIS - Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social

Compromissos

Apoiar o Comitê Gestor do Fundo no processo de seleção das organizações beneficiárias;

Monitorar e prestar contas das doações realizadas.

Suporte Operacional

Instituto Cia dos Sonhos

Compromissos

Identificar as mulheres vítimas de violência junto às entidades responsáveis;

Realizar reservas de hospedagens nos hotéis Accor;

Acompanhar as mulheres acolhidas e seus filhos pelas etapas do programa.

Gestão financeira

Sitawi – Finanças do Bem

Compromissos

Receber e gerir os recursos das doações dos membros da Coalizão Empresarial pelo Fim da Violência contra Mulheres e Meninas;

Validar a documentação das empresas e entidades selecionadas pelo Comitê Gestor do Fundo para receber apoio;

Repassar as doações às organizações beneficiárias.

Suporte jurídico

PLKC Advogados

Compromissos

Fornecer apoio jurídico na elaboração dos instrumentos contratuais de instituição e de operação do Fundo.

Segurança e transparência

As relações com parceiros, entidades beneficiadas e mulheres assistidas por nossos projetos são pautadas pela ética, transparência e segurança das informações de todos os envolvidos.

Balanço Financeiro

Confira, em breve, o balanço financeiro do Fundo de Investimento Social Privado no último trimestre, com detalhamento do cumprimento dos objetivos sociais a que nos propomos e a transparência em relação à aplicação dos recursos captados.

Segurança de todos os envolvidos

Nosso compromisso

Manter sigilo quanto às informações relativas às partes envolvidas, não podendo divulgá-las a terceiros, de forma direta ou indireta, a não ser que requisitado por alguma autoridade oficial ou decorrente de obrigação legal;

Manter sigilo quanto aos dados pessoais e executar seu legítimo interesse mediante consentimento para tratamento desses dados dos Doadores, dos Beneficiários e do público-alvo, de acordo com a Lei nº13.709/2018 (Lei Geral de Proteção de Dados);

Manter as outras partes informadas sobre a alteração de seus órgãos funcionais, administrativos e estatutários, ou a pessoa de cada parte responsável pelas atividades e compromissos assumidos;

Coordenar e se responsabilizar por seus respectivos corpos técnicos, assim entendidos como todos os profissionais com vínculo empregatício, voluntários, autônomos e demais prestadores de serviços.

Quer saber mais? Fale com a gente!

Para apoiar e saber mais sobre o Fundo de Investimento Social Privado pelo Fim das Violências contra Mulheres e Meninas, envie um e-mail para contato@fundoisp.com.br. Você também pode preencher um cadastro e, em breve, entraremos em contato.

*Campos obrigatórios.